25 de nov de 2012

58 - JÁ É TANTO !





E agora?
Já é tanto,
descobrir em passos erráticos caminhos,
onde todos sempre apontaram apenas
a poeira do destino.
Já é tanto lançar lá longe 
olhares longos como vendavais,
afastando as nuvens vermelhas das tardes inacabadas.

Já é tanto olhar mais perto 
e ver os outros…
Sentir–lhes os passinhos agitados, incessantes,
e ainda sorrir-lhes, 
enquanto vemos por detrás deles
as pedras interrompidas, desesperadas,
cansarem-se de crescer e depois estalarem,
secamente,
exalando o seu último sorriso  
ao transformarem-se em pó !

Já é tanto
viajar  nos brilhos da estrelas e  elevar a mente,
deslocar-se pelo prazer de outras distâncias
que os sentidos jamais acompanharão…
( Quase se conseguem
tocar os dedos dos deuses antigos,
interferindo nas nossas escolhas mais elementares... )

E agora?
Transformámos montanhas em encruzilhadas ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é precioso para mim!
Comente, por favor :