19 de mar de 2016

121 - DIA DO PAI ......... ( Día del Padre)



Dia do Pai, aqui em Portugal.

Saúdo a todos os meus amigos que são pais. E a todos os pais dos meus amigos, e a seus pais. Em todo o mundo.

Festejo com todos  as boas recordações que guardam dos seus pais, caso eles já não estejam presentes dessa forma tangível a que chamamos vida. Claro que estão presentes de outra forma, nos mínimos detalhes daqueles que geraram e educaram. Na sua  maneira de estar no mundo, no seu comportamento, nas suas aptidões, sentido estético, limites, humor, desempenhos de todos os tipos.

E porque assim são as coisas, e porque deixar pegadas no caminho de alguém é algo que se incrusta no Tempo por muito tempo, pensemos no que fica de nós. No exemplo que deixamos enquanto pais, ou simplesmente como geração mais velha.

Não creio que educar seja apenas ensinar os nossos valores. É preciso viver coerentemente com eles, para que sejam assimilados como valores e não apenas como regras. Regras contornam-se, dobram-se. Iludem-se. Os valores são a regra demonstrada num percurso de  vida coerente e persistente, que depois nenhum tempo apaga. E isso é exemplo. E com sorte, isso colhe-se de um Pai.

A todos os Pais, que assim se assinaram no Tempo, e nele deixaram com humildade o seu exemplo, não a sua regra, e a liberdade de segui-lo, eu saúdo neste dia tão especial.


A todos o meu abraço imenso. Feliz dia do Pai !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é precioso para mim!
Comente, por favor :