21 de mar de 2016

123 - ESPEREI





Esperei a chuva passar.
Os salpicos deixarem os vidros.
As nuvens esquecerem-se do azul celeste.
A terra rejeitar a água farta.
O asfalto cantar freadas, novamente.

Esperei físicamente, aguardando desfechos.

Esperei com o espírito,
desejando que acontecesse.

Com fé,
crendo que iria acontecer.

Mas tudo mudava sem retorno,
como se a vida recusasse
hesitações.

Acabou acontecendo,
duma outra forma:
- Deixei de esperar.

As palavras tomaram o freio nos dentes.
Inevitável, o sol nasceu.

A Poesia gritou
mais alto do que eu sei.


Copyright 2008  FotoHMendes

2 comentários:

  1. E, passei!! Donde estavam meus olhos e sentidos?? Lindo, lindo Poeta!! Se ainda vale, PARABÉNS PELO TEU DIA!! Fraternal abraço!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é precioso para mim!
Comente, por favor :